Bandeira da Alemanha - imagens, história, e significado

 Desde 1949


A bandeira oficial da Alemanha foi adotada em 1949, logo após a queda do regime nazista. Mas a sua origem é mais antiga. A primeira vez que esse modelo tricolor apareceu foi no início do século XIX. 

Após a queda de Hitler, a nação, embora dividida, compartilhava o mesmo modelo, tal como conhecemos. Mas a partir de 1959, foi adicionada à bandeira oriental o símbolo socialista da RDA (República Democrática Alemã).

Em 1848 a onda de Revoluções que tomava a Europa, o Parlamento de Frankfurt, que propunha a unificação do país, sugeriu também a adoção do modelo tricolor, tal como conhecemos. 

Mas as tentativas de unir a nação fracassaram, pois o rei Frederico Guilhermo IV da Prússia, recusou ser governante do novo império.


O significado das cores


Bandeira alemã

As cores preto, vermelho, e dourado são símbolos do país há muitas décadas, e já tiveram muitos significados. Diferentemente do que ocorre em outros países, não há um significado para cada cor, ele deve ser tomada no conjunto.

Atualmente as cores representam a liberdade, tanto da nação alemã, quanto de seu povo, e a unificação do país. 

Durante a República de Weimar, logo após a Primeira Guerra Mundial, os partidos democratas, republicanos e centristas utilizavam as cores para representar o respeito à república e para defendê-la de extremismos.

Mas não são só essas cores que têm significância na história alemã. A bandeira com as vermelho, preto e branco também foram utilizados durante algumas vezes, como no Império Alemão (1871-1918), e no governo nazista (1933-1945).

História e origem


Há duas teorias possíveis sobre a origem da representação tricolor. A primeira diz que ela foi inspirada nas cores do Sacro-Império Romano Germânico ( 962-1806). 

X-XIX


Seu símbolo máximo era uma águia preta, de duas cabeças, com bicos e patas vermelhas, na frente de um fundo amarelo.

A segunda teoria, mais aceita, é que as cores foram inspiradas nos uniformes dos soldados liderados pelo major Lützower, que enfrentaram Napoleão Bonaparte.

Essas tropas eram paramilitares, e ajudaram a libertar o país do jugo do auto-proclamado imperador francês. Independente da verdadeira inspiração, o modelo tricolor foi adotado em 10 de março de 1848, pela Confederação Germânica, que desejava unificar os estados que pertenciam ao Sacro-Império.

Símbolo

Em 1871 chega ao fim Confederação Germânica, uma outra foi criada, com a intenção de fortalecer a Prússia no domínio da Alemanha setentrional. Como bandeira, adotaram o modelo tricolor vermelho-preto-branco.

Essas cores uniam o preto e branco da Prússia, com o branco e vermelho da Liga Hanseática, uma união mercantil com aspirações políticas. O modelo foi ainda utilizado pelo Império Alemão.

Bandeira

Em 11 de agosto de 1919, a recém criada República de Weimar resgatou o antigo modelo preto-vermelho-dourado. Ainda assim monarquistas desejavam o modelo vermelho-preto-branco.

Em 1926 o modelo imperial começa a ser utilizado em delegações estrangeiras, e passa a voltar a ser a bandeira oficial entre 1933 e 1935, a desejo de Hitler. 

Em 15 de setembro de 1935 os nazis estreavam a nova bandeira, com as cores imperiais: a suástica, em preto, sobre um circulo branco num background vermelho.

Terceiro Reich

Dez anos depois, o Nacional Socialismo de Hitler foi derrotado na Segunda Guerra Mundial. Com a queda do Terceiro Reich, os antigos símbolos nazistas foram proibidos. 

Durante a ocupação do país pelos Aliados, que durou 4 anos, os navios alemães utilizavam uma bandeira em forma de C, que significava Charlie, com listras azuis e brancas, e no meio, uma vermelha.

Para as repúblicas do pós-guerra, foi resgatado o modelo clássico, que os alemães utilizam até hoje. Em 1959, o lado socialista quis diferenciar-se da Alemanha Ocidental, e adicionou à sua bandeira o símbolo da RDA.

RDA

Tal diferenciação existiu até a queda do Muro de Berlim, e o colapso do socialismo no mundo todo. Com os lados novamente unidos, o velho modelo que representa a unificação e liberdade germânica voltou.

Para imprimir e colorir


Colorir

0 comentários: